“E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração.” Jeremias 29:13
LEITURA EXTRA SUGERIDA: 1 Reis 15:1-14

Alguns procuram a Deus com um coração falso. Eles ardem de zelo e querem que seus amigos o saibam, pois dizem, como Jeú fez com Jonadabe: ‘Vem comigo e vê o meu zelo pelo Senhor’; mas o seu coração não é verdadeiro para com Deus.

A sua devoção é uma afetação de sentimento e não um trabalho profundo na alma; é sentimentalismo, não a influência do Espírito de Deus sobre o coração. Cuidado com a falsa excitação religiosa, de serem sustentados com o gás religioso como alguns são, inchados como balões por um reavivamento, só para explodir de repente quando a maior parte deles precisa de algo para sustentá-los.

Deus nos conceda ser salvos de uma mentira no coração, pois é um desastre mortal, fatal para qualquer esperança de encontrar o Senhor. Alguns o buscam também com um coração duplo, como diz o hebraico. Eles têm um coração para Deus e têm um coração para o pecado: têm um coração para o perdão, mas têm também um coração para a transgressão.

Eles serviriam a Deus e a Mamon: construiriam um altar para Jeová e ainda manteriam Dagon em seu lugar. Se o teu coração estiver dividido, serás encontrado em falta. Essas orações nunca chegarão ao céu as quais voam para cima com apenas uma asa. Se um remo puxa para a terra e o outro para o céu, o barco da alma girará em um círculo de loucura, mas nunca chegará à costa feliz. Cuidado com um coração duplo. E alguns buscam a Deus com meio coração. Têm um pouco de preocupação e não são completamente indiferentes; pensam quando oram, lêem e cantam, mas o pensamento não é muito intenso. Superficial em todas as coisas, a semente é semeada em solo pedregoso e logo se seca, porque não há profundidade de terra. O Senhor nos salve disso.

PARA MEDITAÇÃO: A impiedade geral pode ser esperada quando o coração é falso (Isaías 59:12-13) ou duplo (Salmo 12:1-2). Davi exortou Salomão a cultivar “um coração perfeito” (1 Crônicas 28:9) e orou o mesmo por ele (1 Crônicas 29:19), mas Salomão não teve o cuidado de mantê-lo (1 Reis 11:4), ainda que ele mesmo tivesse exortado seu povo a fazê-lo (1 Reis 8:61). Cada um de nós precisa dar ouvidos à instrução: ‘Guarda o teu coração com toda diligência’ (Provérbios 4:23).

SERMÃO Nº. 1457(B)

Spurgeon, C. H., & Crosby, T. P. (2007). 365 Dias com Spurgeon (Volume 4) (p. 39). Leominster, Reino Unido: Day One Publications.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s